Café com Chai

Observações de uma brasileira sobre a cultura indiana.

sexta-feira, 31 de março de 2017

Minha experiência - roupa indiana no Brasil

Qual a reação das pessoas quando saio com roupa indiana na rua?

Falam tanto que estrangeiro parece um "E.T." na Índia, mas o estrangeiro também chama atenção no Brasil. Claro, não sou estrangeira e nem pareço uma, mas ao usar roupa indiana as pessoas também querem tirar foto, querem conversar, procurar saber de onde é aquela roupa tão diferente, de qual país, etc. 

Imagino que a primeira coisa que vem à cabeça de muitos brasileiros quando ouvem falar em roupa indiana é o sari. Mas não vou escrever sobre o sari, até porque nem tenho por 2 motivos: não saberia amarrar um sari sozinha, e não é a roupa tradicional da terra natal de meu esposo. O sari é mais comum ao Sul da Índia, em famílias tradicionais hindus, ou usado em ocasiões formais como eventos, casamentos etc.

O que eu uso é um conjunto de calça e bata, que pela praticidade conquistou mulheres de todas as idades, castas e religiões da Índia.


A roupa popular do norte da Índia é um conjunto de bata com uma calça bem larga (salwar).
Imagino que algumas pessoas estejam pensando "ah nada a ver usar isso aqui no Brasil" mas garanto a você, a experiência é boa. Gosto de roupas diferentes e a beleza dos tecidos indianos é "algo mágico". 

É claro que não saímos nós dois (meu marido e eu) com roupas típicas. Ele sempre prefere o jeans e camiseta. E também não peguei ônibus, não peguei metrô, não fui na 25 de Março com essa roupa! Usei em lugares fechados como restaurante, shopping, mercado, mas já deu para ter uma boa ideia sobre a reação das pessoas.

Gosto de usar roupa indiana nos finais de semana para passear, e me lembro de algumas situações que me fizeram escrever esse post. 

A primeira vez que vesti a roupa indiana  no Brasil, foi uma roupa de festa porque a ocasião pedia. Só no pequeno trajeto até o carro, as pessoas paravam na rua para ver,  ouvi uma criança gritar "olha, mãe, Caminho das Índias!"  (ops hahaha). Algumas pessoas vieram um pouco envergonhadas pedir para tirar foto. Modéstia à parte, me senti uma celebridade no Brasil!! Realmente eu não esperava por isso.

A segunda vez, usei uma roupa casual, sem brilhos, e um algodão mais leve, bem no estilo dia-a-dia, básico. Notei que as pessoas olhavam, mas não tanto como na roupa de festa, claro, mesmo assim eram olhares curiosos. Puxavam assunto perguntando se eu era brasileira e tudo sempre na maior simpatia. 

Nesse mesmo dia,  lembro que entrei numa loja e quando olhei para fora da loja, vi 3 moças paradas do lado de fora da vitrine, olhando fixamente para mim falando da roupa. Se era bom ou mal eu não sei, mas eu não ligo. Percebo que causa curiosidade, é diferente, exótico, seja como for.

Lembro de outra ocasião, quando usei uma bata. Passei num mercado para comprar algumas frutas e um senhor que era o próximo cliente na fila do caixa olhou para mim e perguntou: "_você não comprou essa blusa aqui, não é? Esse tipo de roupa, a gente não encontra para comprar aqui, bonita roupa ".

Outra vez foi na sala de aula. Cheguei após a aula iniciar, entrei quietinha para não ser percebida e não atrapalhar ninguém. Era manhã de inverno então coloquei um lenço envolto ao pescoço. O professor parou a aula para perguntar sobre lenço. Ele disse "Nossa, você não comprou esse lenço aqui no Brasil, não é verdade?! Eu achei lindo, queria um desse para dar de presente à minha esposa."

A última vez que usei não faz muito tempo, usei quando saí para fazer compras. Depois de 5 minutos, a vendedora virou para mim e meu esposo, e perguntou: "vocês são da Índia, né?" Respondi que eu era brasileira, e ela prontamente me disse que a colega de trabalho dela adoraria me conhecer pois ela amava a Índia e dizia que o sonho dela era casar com um indiano. 

Claro que não sei a opinião da maioria das pessoas, mas posso dizer que a roupa indiana por mais exótica que seja, as pessoas no Brasil gostam, acham bonita. 

Você também usaria no Brasil? Quais as roupas indianas você mais gosta? Eu gostaria de conhecer mais histórias e opiniões.
A minha experiência foi simples mas o suficiente para perceber que a roupa indiana é muito diferente e usá-la no Brasil sem sombra de dúvidas, rende muitas histórias e elogios.

Gosto de misturar a roupa indiana com nosso estilo, geralmente um jeans.

Fiz esse post porque já conheci muita gente que tem roupa guardada e nunca usa. Ou então compra alguma coisa numa viagem, ganha de presente e depois não tem coragem de usar no Brasil porque tem vergonha, acaba dizendo "não tenho lugar para usar isso".

Vou lhes contar um pequeno caso. Conheci um casal que foi para a Índia e esse casal comprou algumas roupas indianas. Após o retorno do casal ao Brasil, o marido da moça costumava dizer que ela estava "chique demais para ir só ali" e não a deixava usar as batas outrora compradas na Índia. Lembro que a esposa dele ficava aborrecida porque muitas vezes o marido a impedia de usar. Isso porque eram roupas mais modernas, "ocidentalizadas" compradas em Mumbai. Não eram modelos etnicos. As camisas de seda que o marido dela também havia comprado nunca foram usadas, as Caxemiras eram apreciadas dentro do guarda-roupas e não saíam de lá, no máximo eram exibidas com orgulho, um sorriso largo transparecendo a felicidade de ter uma peça daquela no armário mas  após alguns minutos as peças voltavam para as gavetas.

Qual o prazer de ter algo e não usar? Tenho certeza de que nesse momento alguém que está lendo esse texto  não tem coragem de usar alguma coisa do guarda-roupas, ou sente vergonha por ser diferente ou pensa que não tem lugar para usar.

Tem aqueles que não usam as coisas para não estragar. Mas é melhor estragar com o uso e ter boas lembranças, do que ver uma blusa, um perfume, um brinco estragando sem lembranças, sem fotos de recordações, sem vida. Mesmo guardadas as coisas se deterioram, estragam. Quem nunca guardou alguma coisa com tanto carinho e quando decidiu usar depois de muito tempo viu que estava deteriorada em função do tempo?

 Não deixe de viver cada momento de sua vida em razão dos outros, não viva em função do que os outros irão pensar, se está chique demais ou diferente demais. Não deixe de usar seu perfume preferido, sua blusa diferente, seu brinco novo. Use pelo menos uma vez, use hoje mesmo para ir "só até ali".

Quem faz o momento é você. Pare de guardar tudo à espera do "dia especial" e diga a você mesma (o) que TODOS OS SEUS DIAS SÃO ESPECIAIS!

Abraços

16 comentários:

  1. Amei seu texto! Fico imaginando, qdo, um dia usar minhas abayas lá em Manaus. Prometo q te mando o feedback! Hahahaha

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ellen!! Obrigada!! Ah quero o seu feedback sim!!! Sempre quis ouvir essa experiência de alguém mas é difícil conhecer alguém disposto ou corajoso o suficiente para sair com roupas diferentes! haha
      Beijos

      Excluir
  2. Tenho uma amiga de Porto Alegre,que é casada com um Indiano,ela me deu uma bata linda toda dourada e pink,terei que achar um local para sair com essa roupa,porque é maravilhosa demais para ficar guardada,serei a novidade do interior e para chamar mais a atenção,vou usar pulseiras,jhumkas e tikka,kkkk,bjus adoro seu blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depois me conte como se sentiu!! Pense num local legal, aos finais de semana as opções aumentam para podermos usar as batas e acessórios!! São lindos que vale a pena viver essa experiência! E chama atenção mesmo, é normal, mas porque gera curiosidade e é bonito.
      Beijos

      Excluir
  3. Meses depois do meu casamento, fui ao Brasil ver minha familia e ao desembarcar de leggings e batas comprida pude perceber meus pais me olhando diferente. Aff. Quando vou ao Brasil, aproveito p usar meus shorts, vestidinhos rs. Bjus

    ResponderExcluir
  4. Meses depois do meu casamento, fui ao Brasil ver minha familia e ao desembarcar de leggings e batas comprida pude perceber meus pais me olhando diferente. Aff. Quando vou ao Brasil, aproveito p usar meus shorts, vestidinhos rs. Bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahh entendo perfeitamente!!! Você está certa já que onde vive o short e vestidinho não faz parte do seu dia a dia! Eu também gosto dos shorts e vestidinhos talvez por isso eu e roupas indianas uso mais para passear, depende do clima, do lugar. Faço igual você, porém ao contrário, não perco uma oportunidade para usar roupa indiana!!
      Beijos

      Excluir
  5. Oi Star,

    adorei o post, realmente é algo que estava pensando esses dias. Sou louca por Saree (Tive que aprender a drapear e amarrar, mas valeu a pena XD) e Salwar suits. Tenho uma pequena coleção entre simples de algodão até os mais bordados, e eu também uso e nem me importo. Como você mencionou as pessoas olham e acham interessante, mas sempre foram amigáveis então não me importo, quando meu noivo esta por aqui costumo usar mais roupas típicas, ele, entretanto, prefere o bom e velho jeans e camisa rsrs

    Minhas roupas favoritas são mesmo os Salwar Patiala e Gujarati Saree, por influência do noivo (que é Gujarati) mas acabo com mais Sarees pela praticidade (E convenhamos que é bem mais fácil acertar o tamanho do Saree do que do salwar suit rs).

    Beijos&Abraços,
    Leticya.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Leticya!! Não sabia que você também gosta de um Salwar Patiala e usa!! Gostei de saber!! Eu também gosto de usar para passear, e como você disse, o saree não tem erro quanto ao tamanho...já o salwar..e se não amarrar bem a calça cai kkkk vivo preocupada com isso hahaha
      Beijos!!!

      Excluir
  6. Eu fui à Jaipur e fiz algumas roupas sob medida p mim e ficaram maravilhosas. Mas aqui me pergunto quando posso usar, pois a seda indiana costuma ser, no mínimo, suntuosa. É chique demais. Aqui eu ando de All Star rasgado kkkkk. Como não saio muito à noite, fica complicado. Mas vou testar e contar como foi.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Imagino o quão maravilhosa é a seda que compraste!

      Concordo quando você diz que é no mínimo suntuosa! Mas assim que conseguir uma oportunidade venha contar!! Comece a pensar numa oportunidade para usar a roupa e ela aparecerá rapidinho!!
      Beijos!!!

      Excluir
  7. Estou morando em US, lá a gente usa o que quiser de qualquer jeito e ninguém liga. Eu moro do lado da capital e lá tem muito indiano. No Brasil eu comecei a usar as calças Sarwel e povo me chamava de hippye...hahahhaha...Não ligo. Adoro!!! Estou na India e não comprei o Sari pela mesma razão, pq não sei usar e não tenho onde ir no Brasil. Agora Bata eu vou começãr a usar lá. Vamos ver o que vai ser...hahahhaha...Adoro com legs pq sou muito baixinha.

    ResponderExcluir
  8. Ao ler o teu post lembrei que aconteceu comigo algo semelhante ao da moça não usar as roupas compradas na Índia. Eu ainda não fu à Índia, morro de vontade de ir, mas á fui à Tailândia e trouxe uma saia tipica tailandesa, linda!!!Depois de um tempo notei que eu nunca usava a saia, ficava sempre guardada, eu achava ela chique demais para usar nos lugares que frequentava, até que um dia eu dei um basta e disse: Se é chique demais, pois eu vou é chique!!!!kkkkk
    Quanta besteira a gente faz! Eu me senti super bem na minha saia tailandesa, me senti muito bonita e ainda recebi vários elogios pela saia. O que eu me arrependi mesmo foi de não ter comprado mais saias rsrsr Eu não entendo porque não usava a saia, pois usava outras roupas "diferentes" que eu tinha, calças tailandesas, saias indianas, daquelas encontradas na lojas daqui. As coisas estão para serem usadas e nos fazer sentir-mos bem.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Estava procurando como usar esses conjuntos de bata, calça e lenço quando me deparei com seu post.

    Participo de um grupo vocal e vamos intetpretar temas de novelas no próximo show. Quando disseram que meu figurino representaria Caminho das Índias fiquei empolgada e pensei logo num Sari vermelho com muito brilho. Então fui numa loja onde costumo comprar batas e experimentei um Sari, mas realmente é preciso ajuda pra vestir. Então optei pelos conjuntos que são lindos e muito mais práticos (para alguém que precisa estar pronta em tempo para a apresentação... kkk).

    Depois de ler sua história, acho que vou usar meu conjunto fora dos palcos.

    Ah, sim... minhas dúvidas são:

    ▪ Os sapatos: rasteirinha de dedo com pedras ou saltinho baixo?
    ▪ E o lenço que vem no conjunto eu uso no ombro, no pescoço ou na cabeça?

    Quero honrar o meu personagem.

    A make já está garantida!

    Obrigada!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola !! Que bom gostou do post! Realmente o sari exige tempo e pratica, e se você precisa de algo em tempo hábil, os conjuntos são as melhores opções.

      Quanto às suas dúvidas: tanto as rasteirinhas ou saltinho baixo podem ser usadas, isso vai de estilo, não tem erro, as duas opções combinam.

      O lenço, depende da ocasião. Se for mais descontraído você pode usá-lo nos ombros, ou no pescoço. Se você estiver atuando numa cena como templo ou na frente de idosos, ou até mesmo encenar como uma idosa o lenço é na Cabeça. Se você quiser representar indiana mais jovem e moderna usa o lenço no pescoço ou no ombro..
      Procure no Google fotos de "Kurta pijama " ou Punjabi suit que você verá vários exemplos de como pode usar o lenço ou o tipo de sandálias que elas usam.

      Depois aproveite para usá-los poisno sari você ficará mais restrita e os conjuntos você terá mais liberdade para usá-los depois!

      De nada
      Abraços!

      Excluir